Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lampejos




Lampejos que vislumbram cenas
Sedução, emoção em telas silentes
Nítidas saem do passado embaçando
As orquídeas que em sua fragilidade
Tentam encantar -me, do passado tirar-me

O ato que prevalece, à outrora remete-me,
Envolta nos braços do sonho, acasalado
Aos desejos, atiçado no jogo de pernas
Enlaçadas... brigando com a solidão

O presente ressente-se, pressente
Quando ausente ser em minha mente
Somente um divagar que acrescente leveza,
Para que em gozo sempre esteja no jardim

Em êxtase, com as belas flores, à natureza integrar-me!

elisasantos
Enviado por elisasantos em 08/08/2006
Reeditado em 08/08/2006
Código do texto: T211956
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
elisasantos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
430 textos (24472 leituras)
1 áudios (91 audições)
4 e-livros (163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:25)
elisasantos