Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RAPAZ APAIXONADO

Nesta tarde principia
Por entre o jardim em flor
Certo cheiro que irradia
No vento aroma d’amor

Pairando em meio à praça
Inspira vida e quimera
O odor da rosa com graça
Que embeleza a primavera

Rapaz fica alucinado
Cheira o perfume a vagar
Pelo céu de apaixonado
Tendo a chuva a lhe molhar

Esse breve temporal
Apressa o arrebol na tarde
Dando ao dia seu final
Numa pressa num alarde

Rapaz colhe então a rosa
A tremer a delirar
Sai da praça em polvorosa
A girar girar girar

No bailado da paixão
Corre corre na calçada
Sem valer-se da razão
Corre ao palácio d’amada

Chega menino e cheiroso
No castelo da realeza
Onde o espera mui formoso
Anjo amado da beleza

Dá um grito quase forte
Que nasce do fundo d’alma
Dizendo: - Eu tenho sorte
Tenho um amor que me acalma

Ao vê-la sobre a janela
Com sorriso de alegria
Revive na noite bela
Suspiros de nostalgia

Aberto portão trancado
Sai nua e beija faceira
Botão da rosa fechado
Que desabrocha-se inteira

No palácio agora a sós
Segredos irrevelados
Guardarão de todos nós
Quaisquer prazeres trocados

E todo leitor curioso
Da imaginação parceiro
Idealiza bem zeloso
Esse amor tão verdadeiro
(Alexandre Tambelli, março de 2004, para Carla)
Alexandre Tambelli
Enviado por Alexandre Tambelli em 08/08/2006
Reeditado em 01/10/2013
Código do texto: T212162
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Tambelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
676 textos (116277 leituras)
8 áudios (2991 audições)
1 e-livros (398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:46)
Alexandre Tambelli