Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Taça

A taça caiu da mesa...
Chamou por ti
com duas sílabas de aurora,
e derramou o sangue das vinhas
sobre a toalha.

Cantou teu nome matinal
com dois acordes de luz
e, depois do pânico estabelecido,
deixou lágrimas de cristal
cintilando no tapete.

O buquê instituído
invadiu a casa
com amoras e pitangas,
vestindo de silvestre aroma
a tua ausência permanente.

E encantou a solidão...
Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 08/08/2006
Código do texto: T212207

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:13)
Vaine Darde