Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

veemente

neste planisfério humano
em que o sangue circula moroso
navegue lentamente
e desgoverne sentidos
demore-se ardil...
fixe teus olhos
sobre a tez  ignescente
e sinta ao centro do corpo
a volúpia circular o éter
e o olhar num enlanguescer:
líquido e rubro;
denso e absorto
porque nada mais haverá
além de corpos trêmulos
de infindáveis movimentos
a compor um campo
em florescências
marcia eduarda
Enviado por marcia eduarda em 09/08/2006
Código do texto: T212940

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (márcia eduarda®). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marcia eduarda
São Paulo - São Paulo - Brasil
534 textos (16560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:43)
marcia eduarda