Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dor de desamor

Que algum louco o único amor me roube,
desatino em polvorosa o meu peito desata
e faz a triste noit'uma vida quase morta,
rogo que outro ainda maior me arroube!

Se penso sofro a dor do desamor que virá
no beijo que em meus lábios nunca coube,
ponho nos teus olhos meu olhar que cabe,
longínquo, longa noite clamando aurora!

De grande essa dor faz a vida ser pequena;
creio que só o que nunca amou me condena,
por duvidar qu’a dor d’um amor esquecido
desarruma e quebra todo um vergel florido!

Mas se teu olhar se cala para os meus olhos
e inacreditável dor os meus olhos descolore,
à nua dor da verdade prefiro falsos brilhos
adoçando triste sofrer. Sonho meu, colabore!

Santos-SP-10/08/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 10/08/2006
Código do texto: T212995
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:26)
Inês Marucci