Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0778 - Desejos de um homem




Quero hoje, apenas mais um novo hoje de paz,
um pedaço da liberdade que desejo,
ouvir alguns sins e nenhum não,
ganhar o abraço daquele inimigo, vê-lo sorrir.


Amar, preciso ser amor de alguém,
amante, namorado, amigo, companheiro,
quero mesmo é ser notado, esperado,
saber que à noite volto para um lugar meu.


Poderia pedir mais, gritar aos deuses,
de nada adiantaria se não estou vivo,
se ninguém nota quando atravesso a sua frente,
ou escutam as mentiras que a noite traz meus delírios.


Quero um deus somente um, meu,
que do pó me faça um homem de grandes verdades,
que eu tenha tudo que meus sentimentos desejam
e do nada consiga ler o coração d'outros pecadores.


Não quero ser a voz que liberta, que eu seja livre para voar,
que a terra não seja varrida pelos nossos pecados,
e depois da noite, venha o sol, o dia, a tarde e a paz,
até que a humildade impregne as almas destes homens.


11/08/2006
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 11/08/2006
Código do texto: T214049
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116250 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 05:56)
Caio Lucas