Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Veredas
Águida Hettwer

Estilhaços e insólito sentimento, nas veredas de meu ser,
Interroga-me a alma em esplêndida avidez. 

Num momento de ternura, exprimir a realidade o toque mágico de corações enamorados. 

Gota de orvalho caindo ao chão sob a luz de uma noite enluarada, pensamento vaga distante, vivenciar sonhos, requer alma despida.
 
Tecendo idílio poema, mergulhei no teu abrigo na hora derradeira, desatando as amarras do passado, na dimensão do encanto. 

Em longo caminho sinuoso, as palavras se perdem desfeitas pelo forte vento,
Através de prismas coloridos, resgatam sentimentos, rasgam teias de ilusões. 

Refletem a emoção no olhar, espelhos da alma, na mesma sintonia, de dois corações translúcidos, prontos para amar, sem entremeios. 

Aflorando a eterna doçura, impregna na mente o perfume de raro efeito,
A alma em flor revida, espargir pelo ar em gotículas seduz e embriaga em tamanha intensidade sob névoa que se esfuma ao longe. 

Nos encantos do amor, deleito-me, nas veredas do sonho embalo minh ´alma.


12.08.2006
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 12/08/2006
Código do texto: T214512

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1258 textos (116443 leituras)
15 áudios (2138 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:05)
Águida Hettwer

Site do Escritor