Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Deixa-te estar, meu amor!

Não abras os olhos,

neste instante, por favor!


No meu peito, coloca a tua mão!

Vês? Sentes? Como bate livre,

Sem preceito, o meu louco coração!


Deixa-te estar, Meu Amor!

Não abras a boca ainda,

não digas nada! Sente só!

Sente a minha pele arrepiada!

Respiração afogueada,

sente meu sangue fluir!

Toco-te nos lábios, ao de leve,

com a ponta dos meus dedos,

quase a medo! Sinto-te sorrir!


Deixa-te estar, meu amor!

Só mais um pouco!

Deixa-me ficar, assim parada,

e olhar-te assim, inerte, adormecido,

Só para mim!



Vou pintar esta tela,

Uma inventada aguarela,

Esta paixão, sem ter fim!
Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 12/08/2006
Reeditado em 24/05/2010
Código do texto: T214548

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 05:59)
Aguarela Matizada