Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeto quando
amo
reclamo
cometo engano
me ufano
calo desejos
sufoco de beijos
desfaleço em seus braços
gemo de tanto amor
Quero lhe beijar a boca
morder seus lábios
e brincar com sua língua na minha.
Quero lhe beijar a nuca
lhe arrepiar inteiro
morder seu trazeiro
No AR que respiramos,
Num simples cântico dos pássaros,
No alvorecer, no céu e na noite, no nascer do Sol
Quero te amar,e me senti toda sua,
Descobri que, apesar dos gemidos
Não sinto dores so muito prazer
Nem quando grito e de raiva e sim de gozo
E que, mesmo frágil às vezes,
Quando necessário
Me sinto guerreira duelando
Nesta guerra deliciosa
que travamos em nossa cama,
e que no final não ha vencedor e nem vencido,
apenas dois corpos largados jogados e saciados
Hedi Diniz
Enviado por Hedi Diniz em 12/08/2006
Código do texto: T214560
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hedi Diniz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 58 anos
1078 textos (99098 leituras)
1 áudios (264 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:08)
Hedi Diniz