Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eterno



Fui à janela do seu olhar
Vi, visitando sua íris, um beija-flor
Asas...batidas rápidas...
Disse-me, sem o menor temor,
que a minha vida virá sempre encantar.

Olhei a luminosidade das estrelas,
no seu sorriso, que me aprisiona.
Pasmei: "Será?"
Será que da cisterna onde habito,
Fria, profunda e escura,
poderei , diante do seu amor, prever
que a felicidade transitória
transitará para sempre por aqui,
nessa infinita trajetória,
que me encaminha até você?

Do efêmero, passageiro,
Débil e fútil alento
O Sempre...o Eterno...
O abrigo seguro: sincero sentimento,
Que transcende a matéria e supera as dores,
Faz-se presente.
Surgem, então, suas asas em torno de mim
Fecham-se todos os temores
Abrem-se as almas enfim...
SueliFajardo
Enviado por SueliFajardo em 12/08/2006
Código do texto: T214726

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SueliFajardo
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil
942 textos (29986 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:36)
SueliFajardo