Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Fuga

Roubaste-me um sonho, vida
mas ele acaba de voltar do além
cobrar uma certeza que não tem
sobre merecer a dádiva de ser...

Com ele vieram os fantasmas
meus demônios de asas emprestadas.
Tão convictos esses meus falsos arcanjos,
que às vezes penso que eu me enganei...

Não há muito o que fazer, é o tempo
o general desse meu exército interior
que luta bravamente pela causa
que na vida mais me cativou: o amor!

Vencerão? Vencerei? Não sei...
Meu coração é um soldado desertor
não mereceu medalhas, condecorações
muito antes de mim, fugiu, se foi...

Santos, 14.08.2006_00:30 hs
Tere Penhabe
Enviado por Tere Penhabe em 14/08/2006
Código do texto: T215984

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tere Penhabe
Santos - São Paulo - Brasil, 61 anos
252 textos (25812 leituras)
5 áudios (601 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:35)
Tere Penhabe