Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor à primeira vista

Vivi por muito tempo esse jogo de xadrez
Querendo ser o vencedor de todas as partidas
Sem tempo ou disposição para um amor verdadeiro
Desacreditado de que pudesse existir tal sentimento
Ironizando casais apaixonados do cinema e da vida real
Esperando o fim de cada relacionamento com sarcasmo
Sempre fui esse cínico incorrigível numa vida de aventuras
De repente algo estranho atingiu-me como um raio no quintal
Um meteoro tão surpreendentemente em minha existência
Assim você surgiu com esse meio sorriso encantador
Sem nenhuma pretensão de levar meu coração
Abrindo todas as cartas na mesa sem nenhum blefe
Deixou-me tão atordoado ao ter respostas para tudo
Replicando cada palavra de deboche que eu proferia
Tão doce, sincera, inteligente e firme ao mesmo tempo
Sua beleza tão comum se agigantou diante de meus olhos
Fiquei sem o chão tão seguro sob meus pés
Senti-me arremessado de um avião sem pára-quedas
Meu coração acelerava-se a cada riso seu
E lá estava aquela dor inexplicável que me consumia
Querendo não te encarar para fugir do que sentia
Mas era tão forte que não conseguia me controlar
Tremia como um garoto assustado diante de seu mais temível fantasma
Vontade de gritar para espantar aquela angústia tão intensa em mim
Novas páginas nessa história da qual eu me intitulava escritor
Roteiro que não sabia mais como conduzir sozinho
Seu carinho e atenção me guiaram a um novo mundo
Quando você acreditou que eu poderia ser outro por detrás dessa muralha
Quando você conseguiu enxergar muito mais que essa imagem de vilão
Derretendo o homem de gelo que me caracterizava tão perfeitamente
Assim você libertou meu coração que há muito sofria em silêncio
Agora estou aqui completamente rendido aos teus pés
Implorando uma chance de ser alguém que possa amar de verdade
Oferecendo não flores ou chocolates, mas meu interior em tuas mãos
Ajoelhado em sua porta nessa chuva torrencial de sentimentos confusos
Clamando que me deixe ficar ao seu lado pelo menos essa noite
Nada mais importa no mundo externo que não seja estar com você
Terei uma verdadeira oportunidade de lhe provar meu amor?
Diga-me o que preciso fazer para ser o homem que desejas
Ordene-me e serei seu cavaleiro de armadura negra e estandarte escarlate
Serei merecedor de seus beijos apaixonados algum dia?
Deixará que eu espie seu sono e a proteja dos pesadelos noturnos?
Porque isso é tudo que preciso para dar sentido à minha passagem no mundo...

Andretti
Enviado por Andretti em 14/08/2006
Reeditado em 14/08/2006
Código do texto: T215989

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andretti
Arapiraca - Alagoas - Brasil
599 textos (12975 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:43)
Andretti