Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teu nome

Escrevi teu nome na areia
Esperando as ondas apagar
A mágoa que no peito anseia
Que vive a me crucificar.

Não. Não há dor mais forte
Que pelo amor ser magoado.
É como um canto de morte
Pelo coração sendo entoado.

É quase impossível reconquistar
A confiança então perdida
Nasce uma sombra no olhar
Difícil de ser esquecida.


São mudanças inesperadas
Desculpas  não sinceras
Frases mal-articuladas
Trazendo ilusões e quimeras.
Lubispo
Enviado por Lubispo em 14/08/2006
Código do texto: T216520
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lubispo
Tapiramutá - Bahia - Brasil, 61 anos
38 textos (1629 leituras)
1 e-livros (18 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:32)