Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nos primeiros tempos em que se ama

Nos primeiros tempos em que se ama
os olhares se procuram constantemente
E aos dois amantes não se proclama
o bem que os aguarda lá na frente.

Nos primeiros tempos em que se ama
os beijos nascem tão naturalmente
Que aos dois amantes não se inflama
ainda um desejo tão concupiscente.

Nos primeiros tempos em que se ama
os carinhos fazem o corpo todo arrepiar
E nenhum dos dois amantes reclama
se o tempo vai ou não demorar a passar.

Nesses primeiros tempos em que se ama
não se exige muito um do outro
Apenas mantém-se o coração em chama
nos momentos únicos com o outro.

Nesses tempos primeiros em que se ama
tudo parece especial ao amanhecer
Quando a única coisa que a alma clama
é que o amor possa eternamente renascer.
Grohmann
Enviado por Grohmann em 16/08/2006
Código do texto: T217856
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Grohmann
Itu - São Paulo - Brasil
44 textos (1849 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:19)