Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vale mais o que é de graça

Um sorriso, um olhar, um beijo demorado.
Dormir ao som da chuva,
Respirar, amar, saborear,
Ás vezes chorar
Vale mais o que é de graça.

Uma noite bem dormida. Uma companhia.
Alguém com quem contar.
Alguém para contarmos nossos segredos.
Alguém com quem possamos envelhecer junto.
Uma gargalhada.
Um pôr do sol.
Uma borboleta, um canto de um pássaro.
Caminhar,
Vale mais o que é de graça.

O luar.
O mar.
A natureza.
O infinito.
A lua e as suas fases.
As mulheres.
As crianças.
A água.
Vale mais o que é de graça.

A verdade.
A mentira desmascarada.
A honra, o caráter e a compaixão.
A solidão que já passou.
O novo amor que transformou a antiga decepção em páginas viradas e inanimadas.

Sejamos francos.
O dinheiro é importante.
Sem ele, não conseguiríamos viver em um mundo em que o que vale mais é o que custa mais.
Ou quem vale mais é quem tem mais, como queiram.
Mansão.
Carro novo.
Jóias.
Caviar.
Tudo isso vale pouco mais que um centavo.

O Amor. O sonho. A amizade.
Vale mais o que é de graça.

ilsanches@gmail.com
Ivan Sanches
Enviado por Ivan Sanches em 17/08/2006
Reeditado em 17/08/2006
Código do texto: T218956

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ivan Sanches
Santo André - São Paulo - Brasil, 34 anos
141 textos (12236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:23)
Ivan Sanches