Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brumas da Noite

" Escrevo. Sim, escrevo na noite.
Na Noite dos Boemios, dos Suicidas, dos Amantes, dos Perigos.
Porque sou Insône, Insane, Intrépida, Fulgaz.
Minhas noites, não durmo, nem rolo na cama.
Escrevo, brinco com palavras, relembro sentimentos.
E na minha mão a minha escrita não pára de criar.
Fonte escura, Fonte tua, Fonte Nua, não consigo penetrar.
Jaz meu sono, continuo em palavras a caminhar .
Como o dia insiste raiar.
Deixo o sono dispontar para mais tarde despertar e um novo dia começar.
Cansada? Não cheia de energia.
Disse: "Sou Insône, Insane", meu bem. Bom Dia!!!!
     


Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil. Para ver uma cópia desta licença, visite http://creativecommons.org/licenses/by-nd/2.5/br/ ou envie uma carta para Creative Commons, 559 Nathan Abbott Way, Stanford, California 94305, USA.



 Malu Freitas
Malu Freitas
Enviado por Malu Freitas em 18/08/2006
Reeditado em 30/08/2006
Código do texto: T219044

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Malu Freitas). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Malu Freitas
Salvador - Bahia - Brasil
57 textos (7082 leituras)
1 áudios (60 audições)
1 e-livros (68 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:01)
Malu Freitas