Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0786 - Falando de amor


 

Não, não me ame como se fosse santo,
te quero mulher, chore, sorria, seja normal,
fale com naturalidade, grite se quiser,
mas me fale de amor, do amor nosso.

 
Saiba que nem sempre realizamos tudo,
mas podemos ir até onde der,
aumentar o desejo, curtir a noite,
jogar com a paixão e sonhar.

 
Somos o que nossos dias nos deram,
a cumplicidade de todos os sentimentos,
a companhia, o caminhar junto,
diferente daqueles passos marcados por um.

 
Não deixe de fazer planos,
enquanto tentamos, vamos estar juntos,
alguns sonhos viram desejos e depois...
depois podem até se realizar.

 
O que importa é falar de amor, viver amor,
por algumas horas, um dia de cada vez,
em uma noite que o frio gela por fora,
ou em outra que o calor explode mais amor.

 
Quando acordar, lembra de olhar pro céu,
eu estarei lá, nele, eu e você,
o amor nos faz desenhar cada hoje
e todos os amanhãs que um dia sonharmos.


18/08/2006
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 18/08/2006
Código do texto: T219247
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116253 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:55)
Caio Lucas