Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sexta-feira
Tere Penhabe

Não me esquecerei, jamais poderia
não sei se terei em minha vida
igual a este, um novo dia...
Não sei se ouvirei outra voz
que me dê mais emoção
se algum outro beija-flor
vai disparar meu coração.

Os violinos ainda tocam, suavemente
não creio que algum dia partirão
a alma sem pressa, se enfeita
no espelho da eternidade, soberba!
Versos passeiam alegremente
por todo o meu corpo, na palma da mão
aqueles versos tantos que me trouxeste
que hoje eu conheço, e me aconchego
na voz que os ditaram... ao meu coração!

E um dia, eu sei, estaremos juntos
eu verei teus olhos, tocarei tuas mãos
meus sentidos, todos os meus sentidos
estarão por perto, não será ilusão.
Mas se algo acontecer, se me faltar sorte
se por um desses irônicos acasos
eu for para o sul, você for para no norte...
ainda assim, quando meus olhos se fecharem
eu certamente os fecharei feliz
ouvindo os violinos a tocar
para nós...

Santos, 19.05.2006_10:00 hs
www.amoremversoeprosa.com
Tere Penhabe
Enviado por Tere Penhabe em 18/08/2006
Código do texto: T219647

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tere Penhabe
Santos - São Paulo - Brasil, 61 anos
252 textos (25822 leituras)
5 áudios (601 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:30)
Tere Penhabe