Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SERÁ QUE CHEGUEI TARDE DEMAIS?

Ah!...Quem me dera, se eu valesse mais,
Do que seus compromissos diários!
Pois sinto na pele a dor de ter que dividi-lo,
Com um mundo que não posso fazer parte.

É não posso compreender estas dificuldades,
E nem entender, o porquê de eu ficar tão só,
Pois a ti me entreguei totalmente sem reservas,
Tanto que hoje sou escrava desta louca paixão,

Agora ela me domina, fazendo-me sentir solidão,
Pois você é a minha doce metade, que queria ter
Sempre do meu lado, pois você tornou-se para mim
A essência a peça fundamental da minha felicidade.

Queria ser suficientemente forte para suportar
Todos estes obstáculos que tem nos cercado,
Mas não sou, porque te amo demais e sinto sua falta,
Fazendo de mim este ser dependente do seu carinho.

É amor, te amo muito alem daquilo que sonhei
E queria poder controlar todas as minhas emoções
Mas não posso, pois perdi o domínio sobre mim
Desde o momento, que descobri que te amava.

Contudo minha razão vendo a realidade que vivemos
Diz-me para deixá-lo rapidamente, mas o meu coração
Ignora a razão e a realidade que quer me afastar de você
Ainda que eu sofra por estar sempre longe de ti.
 
Então digo: É... Não tem jeito, meu amor por ele é forte,
E se nega a deixá-lo, mesmo sabendo que não sou única
Na sua vida! Então fica a incógnita, apesar do nosso amor:
-SERÁ QUE CHEGUEI TARDE DEMAIS?



Glaucia Duarte
Enviado por Glaucia Duarte em 19/08/2006
Reeditado em 18/06/2007
Código do texto: T219926

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glaucia Duarte
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
1955 textos (250908 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:52)
Glaucia Duarte