Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

D O C E G A T A


O sangue escorre exangue

  O corpo se mostra morto

   Sou Orfeu ou Dirceu

    Busco Marília andarilha

     Busco dor em lugar de amor

     Nada me sacia

      Alma ansia

       Gemidos e fremidos

        Ais e coisas e tais

  Poder ter, é o maior sofrer

  Tua voz, teu sorriso, tua boca

   O teu inteiro , doce louca

    Alucina, te quero,
 
     menina

      Venero estátua carnal

       Quero nua e crua

         Quero como és

           Quero-a da cabeça aos pés.



GDaun
Enviado por GDaun em 20/08/2006
Código do texto: T220627

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43007 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:13)
GDaun