Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Memórias Póstumas!

Confesso que sempre por ti, tive carinho
No início a detestava, afinal
Era mais inteligente que eu
E para estas coisas de amor
Deixo a você a minha vida
Pois tudo o que sei, você me ensinou

Vivo a cantar-te, como já fiz com outras
Mas, então, vi que não eras apenas
Culpe-me por ter, de certa forma
Enganado outras
Eu sei, eu sei. Sou tudo o que dizes
Cachorro,metralhadora, artista...

Mas, se sou artista, és meu palco
Que adoro debaixo das cortinas
Brinco, discuto, converso
Mas, se eu não te tiver, acaba o meu universo
Eu sei que tu dizes que sou
Maluco, romântico, menino...

Mas a mim, muitomaltrata o destino
Pois me garantes que viverei muito tempo
Mas, de que adianta, se não...
Se não, sem nunca olhares nos meus olhos!
Meu amor, sou tudo que você me chama
Querido, marido, amor!
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 20/08/2006
Código do texto: T221065

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:05)
Andrié Silva