Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Não quero morrer!

Tem dias que a gente se sente, meio bestial
Quer mandar no destino
Pedindo que o mundo pare de girar
Como ficaria o coração sem a rotação e a translação?

Suas lágrimas me contaminaram
Entrou através dos poros
Foram até as artérias
Fazendo uma espécie de transfusão

Se não tivesse tuas lágrimas
Para conter minha emoção
Morreria no abismo da ficção
Mas lembre-se! Cavamos essa ilusão

Tenho que me conformar
Foi tudo coisa passageira
Já que não posso parar o tempo
A saudade será meu único alimento

Estou entrando em coma profundo
E na UTI, viajo a cada segundo
Desligue os aparelhos! Autorizo a eutanásia!
Não quer? Então viveremos pro que der e vier
Zedio Alvarez
Enviado por Zedio Alvarez em 20/08/2006
Reeditado em 18/10/2008
Código do texto: T221283
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zedio Alvarez
Petrolina - Pernambuco - Brasil, 59 anos
3324 textos (117333 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:42)
Zedio Alvarez