Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FLOR

Só agora, depois
de muito tempo,foi
que conheci a verdadeira
causadora deste
verdadeiro enfado.
 
Inegável  geradora
dessa dor que todos
chamam de saudade,
desse tormento imperioso,
que não termina mas
só aumenta.
 
Se estou sozinho,
em companhia de
meus pensamentos,
ela surge do nada somente para
acrescentar o meu tédio.
 
E como sou
rebenqueado pelas saudades.
Se soubesse que
 além dos cabelos grisalhos,
deixaste o gigantismo da maldade,
que sem piedade faz questão de
sufocar o que restou de
minha alma..
 
Mas de tudo isso,
a flor que ficou
continua viçosa,
sabe a razão?
Minhas lágrimas,
as responsáveis diretas
pela continuidade de
sua exuberante beleza.
As gotas que caem
até agora não permitiram
 que esse símbolo morresse,
assim como tudo que morreu
em meu mundo.
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 





Wil
Enviado por Wil em 20/08/2006
Código do texto: T221306
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84504 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:10)
Wil