Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aquarela
Águida Hettwer 

Quando meu olhar, procura avidamente o teu, minhas mãos trêmulas,
Tecem com loucura caricias que somente são tuas. 

Pintando aquarela de doçura em teu peito faço morada e nem percebes.
Não admite que meu coração, é seu! 

Ao som de uma canção solitária, o sonho resiste ao tempo..
Ah, amado, quisera que espiasse meu peito quando teus lábios procuram os meus, quando teu corpo avança sobre o meu. 

O olhar brilha mais que cristal, não há vidraça embaçada, apenas eu, você sobre a lua enamorada. 

Dedilhas sobre meu corpo um novo tom, explora o território seu, desvenda a quietude da alma, faz aflorar com calma, os desejos secretos, guardados a sete chaves. 

Ardem os corações, curvam-se os desejos as mãos tecem carícias, num repertório de versos, quisera derramar meus sentimentos. 

Abrem rasgões no firmamento à alma pontilhada de estrelas, faz o coração saltitar, estremece os anseios dentro do peito.


21.08.2006
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 21/08/2006
Código do texto: T221430

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1260 textos (116523 leituras)
15 áudios (2140 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:24)
Águida Hettwer

Site do Escritor