Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EM CADA UM DE NÓS

Escuto ao longe
palavras muito mal
articuladas, palavras
aparentando estarem
perdidas na escuridão
da noite.

Elas representam
muitas tristezas,
ou talvez um lamento
pedindo socorro,
não consigo discenir...


São ecos indefinidos,
porém,  agora o pranto
mostra-se tão perto,
que a repetição de
seus sons, me faz
reconhecer a nuança
de sua voz.

Aquieta-te meu coração,
que já não tem
para quem gritar,
cujo clamor não é
reconhecido nem pelo
seu próprio detentor...

Eu sei que existem horas
que marcam fundo,
consequências de uma
efusão do própria ser.
Contudo, vamos recordar
com alegria os beijos
e os efeitos que provocaram
em cada um de nós...










































































Wil
Enviado por Wil em 22/08/2006
Código do texto: T222522
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2618 textos (84577 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:06)
Wil