Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NUM ÚNICO MOMENTO

ESPARRAMEI-ME SOBRE TI
NEM FREUD ME EXPLICA
OQ UE SOU QUANDO ESTOU AQUI
QUANDO COMIGO TU FICAS

MINHA ALMA É DE MENINA
MEUS SONHOS DE MULHER MADURA
A VIDA CONTIGO SE DISCORTINA
ESPALHANDO NO AR TODA UMA TERNURA

CRIO CORAGEM E TE CHAMO
FICO INDEFESA E ME INFLAMO
ARRISCO-ME E DIGO TE AMO
MEU SENTIMENTO É INSANO

DENTRO DE MIM EXPLODE
O CALOR DO QUE É PROIBIDO
SABES E TAMBÉM SEI QUE NÃO PODE
MAS INSISTO COM ISSO E FICO

DOENTIO OU MESMO NORMAL
PENSO SOMENTE NO QUE NÃO TENHO
NÃO COMPREENDES QUE É NATURAL
O MEU QUERER, POR ISSO SEMPRE VENHO

LATEJA O SOM DE UMA VOZ QUE FICA
O MEU INCONSCIENTE REGISTROU
A SAUDADE QUE ELA FUSTIGA
DA VONTADE DE OUVI-LA QUE ESTOU

NÃO VENHO NADA TE COBRAR
SOMENTE VENHO TE LEMBRAR
QUE AQUI EM SANTA CATARINA
EXISTE UMA MULHER MENINA
QUE TEIMA EM TE AMAR.
milizinha
Enviado por milizinha em 22/08/2006
Reeditado em 21/05/2011
Código do texto: T222642

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
milizinha
Rio do Sul - Santa Catarina - Brasil, 52 anos
637 textos (94446 leituras)
1 áudios (272 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:29)
milizinha