Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

de costas para o mundo!


ventos vem e vão
em um degrau eu subo e leio as suas mais preciosas cartas
pelas singelas calçadas nós escrevemos as mais tênues de nossas conversas
e você é assim tão só e único
como um alce sem destino
como um unicórnio que trocou sua cor por obrigação externa

você caminha sem medo de tropeçar
mas ás vezes quando tropeça feio você desaba em choro
você não liga para o Mundo
e não faz de sua testa uma lousa escrita por eles

você é único e especial
você é único e aterrador
e nisso contém toda a sua bondade
como lâmpada de quarto de criança que gira com o calor
você lê a mente das pessoas e elas sequer sabem o quão certo você está
esta é a sua maior descoberta afinal
- espero que eles não te achem, jamais-

você é o quebra-cabeças que ninguém pôde ou jamais poderá montar
e talvez até você mesmo com certeza se perca de vez em quando
nesse seu mar de possibilidades

use a sua cabeça e não mais o seu corpo
use a partir de agora essa sua nova alma
resguardada pelos séculos e admirada pelos sábios

eu te amo finalmente, belo jovem
de sua Mãe, sua terna Consciência. (...)

Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 23/08/2006
Código do texto: T223055
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70500 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:02)
Rônaldy Lemos