Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIVA, MEU AMOR, VIVA




     VIVA, MEU AMOR, VIVA

Desculpe, querida,
Pelo que disse
Num ímpeto de irritação;
Só pensava, então,
Em sua segurança, em sua saúde.

Viva, meu amor, viva
Para iluminar meus dias
E aquecer minhas noites...

Viva, querida, viva
Para continuar me fazendo
Um homem melhor;

Viva, meu amor, viva
Para continuar nosso caminho a dois
Nessa imensidão suave que é a vida,
Verdadeiro trajeto do nosso Amor!

Do teu marido e
Eterno apaixonado,

Eleomar

Tupã, São Paulo, 22/08/2006.

Eleomar Ziglia LopesMachado
Enviado por Eleomar Ziglia LopesMachado em 23/08/2006
Código do texto: T223067
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eleomar Ziglia LopesMachado
Tupã - São Paulo - Brasil, 72 anos
23 textos (1060 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:48)