Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ME JULGAM POR TE AMAR.


Hoje me silenciei completamente,
Porque nem contigo falei...
Um grande vazio me invadiu
Minha alma se entristeceu.

Esperei que entendesse
O meu silencio suplicante.
Porque apesar de te querer
Hoje foi bem complicado

Pois fiquei mal pelas pessoas
Que me cercam condenando-me
Por te amar tanto, mas o que fazer...
Se te amo fortemente?...

Minha razão me desconhece
Porque só tenho uma certeza
AMO-TE mais que a mim mesma
E quem dera pudesse mudar tudo

Fazendo-o livre e mim também,
Para amarmos sem culpas, mas...
Não sou fada e nem faço milagres
Porem te amo de forma mágica

Porque acredito no amor,
E quero fazê-lo um homem feliz
Amando-o como ninguém o amou
E o desejou, dando-lhe a certeza de que:

Nada e nem ninguém pode nos separar,
Pois somos almas gêmeas que se encontraram
Para viver o amor na sua plenitude, por isto
Com inveja ME JULGAM POR TE AMAR.


Glaucia Duarte
Enviado por Glaucia Duarte em 23/08/2006
Reeditado em 18/06/2007
Código do texto: T223068

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glaucia Duarte
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
1955 textos (250911 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:42)
Glaucia Duarte