Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POÇÂO DO AMOR

POÇÃO  DO AMOR



      Lançaste em mim sem dó
      Poção do Amor
      Já não quero ser só
      Quero ser nós
      Gritar teu nome, fazer ecoar
      Ao vento, pétalas de flores espalhar
      Quero dividir contigo
      O que está a me invadir
      Amor, é vida que no templo do coração
      Faz morada, na melhor porção
      Fundida à alma, fica ali concentrada
      Alma, coração, sentidos despertos
      É capaz de extremos,de doação
      De virtudes, mas precisa ser bem conduzido
      Para não cair em desvairios
      Da febre,dos desatinos
      Ah! Poção do amor
      Que em meu peito causa ardor
      Temo que olhos me vejam
      Assim tão em delírios e desejos
      De nossos corpos e almas se confundirem
      De se penetrarem, de se fazerem um
      Em recíproco afeto
      Em puro êxtases de amor
     

       DIANA LIMA, 12/03/2004
Diana Lima
Enviado por Diana Lima em 06/06/2005
Código do texto: T22479
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Diana Lima
Santo André - São Paulo - Brasil
152 textos (52793 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:33)
Diana Lima