Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU CIÚME

Perdoa minha insensatez,
Perdoa minha estupidez

Não leve a sério tudo o que falei,
É que o ciúme me desnorteia,
E me deixa louca,
Irritada,
Magoada...

Nessa loucura momentânea,
Quase te matei,
Teu rosto arranhei,
E o nosso amor,
Quase acabei!

Foi alucinação,
Foi além da razão,
Foi intensa paixão,
E acabei te pedindo perdão!

Vou te dar muito amor,
Eu prometo e até juro,
Vou dar férias ao ciúme,
Deixando-te solto no mundo!

Mas se acontecer de novo,
Acredite amor eu vou embora,
E se me quiser de volta,
Perdão, não aceito mais não...







Ana Joaquina
Enviado por Ana Joaquina em 25/08/2006
Reeditado em 24/01/2007
Código do texto: T225209

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ana Joaquina de Oliveira Cruz). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Joaquina
São Luís - Maranhão - Brasil
573 textos (97020 leituras)
1 e-livros (123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:28)
Ana Joaquina