Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rapsódia com Gerânios

O gerânio sinaliza com matizes
grita cores, arco-íris
aquarela de pétalas
no prisma da tarde transparente.

Viceja inebriante
furta-cor
flerta-flor
cacho de sol tingindo luz.

Viaja pela gama do vermelho
assumindo sutis tonalidades
toma claridade e flui
do topázio à ametista

Compõe o rosa, finge neve
e neva pé-ta-las na relva
esplendora no inverno
pra mentir que é primavera...

o gerânio dissimula seu idioma
transgride as estações
desfolha-se em tons
por amor às borboletas.

Os poemas são gerânios
que florescem para os olhos...


Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 25/08/2006
Código do texto: T225380

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83368 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:10)
Vaine Darde