Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE ESTAÇÕES

Te amo,
Já te amei demais!
Porém não quero e nem desejo,
Te amar como dias atrás.

Sei... Tu também sabe
O amor se passou. Assim...
Eu aqui do meu lado
A ouvir desculpas chinfrins

Sabe... Já e Outono agora.
O dia tranqüilo se passa,
As folhas morrem sem graça,
E eu admiro assim. Com demora.

Tudo que já foi vivo
Como nosso amor de primavera.
Fazia-me colecionar motivos
Para a mais linda das belas...

Aquilo tudo morreu!
Ainda nesta estação.
As lágrimas que sobraram,
Consolam meu coração...

Este já foi muito feliz
Atualmente está congelado,
Acabou-se minha força motriz
Só me resta o inverno gelado.
José Luís de Freitas
Enviado por José Luís de Freitas em 26/08/2006
Código do texto: T225412

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Luís de Freitas
Diadema - São Paulo - Brasil, 32 anos
466 textos (177614 leituras)
28 áudios (28259 audições)
1 e-livros (111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:28)
José Luís de Freitas