Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alvo.




Sei, que padeço no controverso.

Por todo limite, ou por todo excesso.

Porque se minha forma deforma o verso,

Assim o faço, por todo amor do universo.


Porque, amar e muito é o meu rumo.

Para apassivar a tendência do mágico prumo.

Que me diz; desta vida tu és insumo.

Apesar e por toda rigidez do objetivismo.


Para um adensar consistente de toda alma.

Por um suspiro do após, e da sublime calma.

Que de tanto brilho faz a ressalva da salva,

Quando guarda o espírito em linda aljava.


Porque por toda dor, vale a pena amar.

Porque por todo amor vale a pena viver.

Porque, depois da noite existe o amanhecer.




Gerson F Filho
Enviado por Gerson F Filho em 26/08/2006
Código do texto: T225730
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gerson F Filho
Guarapari - Espírito Santo - Brasil, 59 anos
352 textos (8646 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:03)
Gerson F Filho