Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONFISSÃO DE POESIA PARA O AMOR

Autora – Regilene Rodrigues Neves

Lábios de amor
Beije meu corpo
Nu de poesia
Escritas por ti
Entrelace minha língua
Molhada de palavras sedentas
Dos versos da tua pele
Em confessas caricias...

Exale dos meus poros
O suor do sabor dos desejos
Aflorados em êxtase intimo
De sentimentos frágeis
Em plena ternura
Da procura incansável
Do teu calor afogueando
Minha face rubra
De expressão suplica
Em min’alma!

Deito em teu colo
Para que tuas mãos me acariciem
Em euforia de declarações...

Posso te saciar
Sussurrando-te tão somente amor
Abraça-me envolva este coração aprendiz
Da tua essência
Deixe que entre nós as loucuras
Sejam poemas despidos

Que a sensualidade dos teus lábios nos meus
Provoquem extintos famintos dos teus versos
Para que o gozo seja sublime
Em renuncia da minha solidão!

Faço amor
Para comungar a palavra afeto
E meu corpo levite
Entregue a poesia indivisível
De um ritual de utopia!

Que seja infinita prece
Em teu louvor
E meu corpo se entregue
Em comunhão da alma
Para que o prazer seja cultuado
Em nome do amor
E assim declare
Toda tua poesia em mim!

Em 26 de agosto de 2006
 

regipoeta
Enviado por regipoeta em 26/08/2006
Reeditado em 27/08/2006
Código do texto: T226068

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
regipoeta
Goiânia - Goiás - Brasil, 54 anos
1312 textos (134437 leituras)
22 e-livros (7176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:56)
regipoeta