Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Meu Amor, estás tão distante,

Nesse duro e frio Inverno,

Seu eu pudesse, te aqueceria

Num abraço bem doce e terno!



Quanto eu queria agora,

Ser uma gaivota e voar,

Dos Mares do Sul para ai,

Só para teus lábios, beijar!



Queria te ofertar, o todo,

Que na minha'alma reside

Esse amor-paixao, sei lá!

Mas que sem ti, já não vive!



Nesse teu modo reservado,

Com que tu me apareces,

Sinto que queres ser amado,

No geito que tu mereces!



Não digas que amo demais,

Pois fica tanto para dar,

Temos é que dar tempo ao tempo!

Para nenhum se enganar!



Se tu não queres, que te queira,

Apaga-me do teu coração,

Vá! Descobre a maneira,

Par'extinguir nossa paixão!!



Já tentei, mil trovas e rimas

Para algo melhor te contar,

Mas a tónica é sempre a mesma

Só fala d'amar! Amar! Amar!

Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 27/08/2006
Reeditado em 03/01/2010
Código do texto: T226236

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:35)
Aguarela Matizada