Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto








"NATURISTAS"


A tua nudez que enfeitava a praia
cujos banhistas eram sós você e eu...
ao longe as dunas como se fossem muralhas
e as verdes águas da cor dos olhos teus.

O mar aberto encostava ao céu
de tão bonito parecia o paraíso...
distante as ondas transformavam em véu
e aqui na areia era lindo o seu sorriso.

Éramos duas crianças ofegantes...
gritei pra ti, - o mundo é nosso agora!
senti a força do pai Adão naquele instante
eu era o senhor, e você minha senhora.

A noite cai... agora é o clarão da lua
que com seu brilho nos presta socorro,
vem beijando a água, e clareia a imagem tua
mais tarde se esconde por detrás dos morros.

Quando é madrugada que a brisa esfria
você se aconchega entre os braços meus,
a manhã clareia e amanhece o dia
eu sou acordado com um beijo teu.









Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 27/08/2006
Código do texto: T226757
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257180 leituras)
185 áudios (36330 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:59)
Antonio Hugo

Site do Escritor