Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ah, se foi...

Foi por sua causa;
Que eu vi a lua com toda magnitude.

Foi por sua causa;
Que eu consegui atropelar um cometa
Com o meu simples olhar.

Foi por sua causa;
Que todos os trovões incandesceram de
Uma só vez todo o meu universo.

Foi por sua causa;
Que com um pequeno movimento do
Meu olhar ascendi a luz do sol.

Foi por sua causa;
Que eu contei todas as estrelas do universo
Para ver se não tinha nenhuma
Faltando no luar.

Foi por sua causa;
Que eu sentei na lua para ver o mundo
Rodar sem nunca me cansar.

Foi por sua causa;
Que eu parei aquela terrível chuva de inverno
Com o menor dos sopros do meu coração.

Foi por sua causa;
Que eu aprendi a ver toda a beleza do aprender.

Foi por sua causa;
Que eu me excitei com um simples toque.

Foi por sua causa;
Que eu me apaixonei quando todo o universo
Tremia diante do caos que se passava.

Foi por sua causa;
Que eu me voltei contra tudo e todos,
Quando eles me alertavam do seu venenoso amor.

Foi por sua causa;
Que eu redescobri a magia do que amar um ser.

Foi por sua causa;
Todos os momentos em que eu parei no tempo
Para poder pensar em você com mais tranqüilidade.

Foi por sua causa;
Que eu me encontrei espiritualmente nesse
Mundo de absurdos.

Como também foi por sua causa;
Que eu me vi tão só neste mundo de falsas esperanças.

Como também foi por sua causa;
Que eu deixei de viver neste plano de absurdos
Para clamar o meu direito no inferno.

Como também foi por sua causa;
Que eu deixei de olhar para o céu
Dos menosprezados com o mesmo vigor.

Como também foi por sua causa;
Que eu deixei de sonhar estes pobres
Sentimento que me fazem ser um ser humano indefeso.

Como também foi por sua causa;
O dia em que me perdi quando criei coragem
Para te dizer “eu te amo”.

Como também foi por sua causa;
Que eu renunciei o meu desejo
De te ver e ser feliz.

Como também foi por sua causa;
A perda da minha esperança de um dia poder
Te olhar nos olhos com o mesmo vigor de sempre.


Como também foi por sua causa;
Toda essa nova visão que tenho do amor.

Como também foi por sua causa;
Que eu perdi as minhas palavras infantis
Que indicavam o meu verdadeiro ser pobre.

Como também foi por sua causa;
Todas essas palavras ásperas que rasgam
Não a minha alma, mas a sua, pois a minha já
Está rasgada desde o momento em que eu me perdi.

Como também foi por sua causa;
O motivo para o qual eu escrevi essas bobagens
E no entanto verdadeiras.

E é também por sua causa;
Que eu vou viver o meu espaço
No tempo sem você, espero que essas
Palavras enterrem um tempo que não
Me pertence mais. Adeus!
Edmir Junior
Enviado por Edmir Junior em 28/08/2006
Código do texto: T227025
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmir Junior
Juripiranga - Paraíba - Brasil, 30 anos
83 textos (1735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:24)
Edmir Junior