Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHOS NOS OLHOS


OLHOS  NOS  OLHOS

Por Rosa Regis
Natal/RN -
Meus olhos viram os teus olhos
E se encheram de dor.
Senti um leve torpor,
E as lágrimas vieram aos molhos
Ao sentir teus olhos em  meusolhos
Sem nenhum traço de amor.

Meus olhos têm saudades
Do carinho dos olhos teus
Que hoje já não são meus.
E mesmo que eu lute, é debalde
Pois eles não têm saudades
Do carinho dos olhos meus.

Teus olhos de mel, são belos;
Carinhosos; inocentes;
Porém, tão inconseqüentes!
Pois quando me faz por vê-los,
Não vê que eu sonho em tê-los
Para mim, eternamente.

Meus olhos querem os teus olhos
Com carinho, com amor!
E vivo suportando a dor
De não poder ter-te no colo,
Pagando por isso, o dolo
De não ter o teu calor.

Com os meus olhos sempre ralho
Quando procuram os teus ver,
Digo: tu deves saber,
Meus olhos, que o amor é falho
E que um não tem agasalho
Sem que o outro queira ter

Rosa Regis
Enviado por Rosa Regis em 28/08/2006
Código do texto: T227591
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Regis
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 67 anos
383 textos (153696 leituras)
1 e-livros (7 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:26)
Rosa Regis

Site do Escritor