Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AGONIA-Neila Costa

AGONIA

Neila Costa



Sou como ave louca,
Solta nas madrugadas,
Por esse amor imenso...

Não me deixes
Sem o teu ombro forte,
Onde deito
A minha alma sem leito,
Que é o meu abrigo,
O meu ninho
O meu EU, em desalinho

Como posso calar a afeição
Que rasga o meu peito
E faz crescer a paixão?

Quero soltar esse grito
Do meu coração aflito,
Quero chorar de saudade,
E poder gritar à vontade...
Pois essa angústia e medo
Que silencio em meu peito,
Já não consigo calar.

Fica o grito sufocado
Como espinho na garganta
E o sonho tão sonhado
Desse amor desejado...

Se nos perdermos um dia,
Será o meu pesadelo
E a tua maior agonia

Neila Costa
Enviado por Neila Costa em 29/08/2006
Reeditado em 03/11/2009
Código do texto: T227606

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Neila Costa
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
105 textos (3964 leituras)
66 áudios (3351 audições)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:34)
Neila Costa