Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REVIVER

Quando a torrente desses maldosos
acontecimentos passar,
vou abrir sem demora
as cadeias onde permaneci
prisioneiro tempo demais.

Foi tamanho o temporal,
que os cabelos pretos do princípio,
se tornaram brancos como a cor do leite,
e assim, a cada dia se apresentam
esbranquiçados um pouquinho mais...

Só eu sei o porque
de ter escolhido esse atalho,
talvez até para poder
embalar os sonhos de nós dois.

E agora, finalmente os
jardins estão florindo novamente,
e junto com as flores desponta
uma luz para iluminar
a vida que julguei perdida.

Sabes bem quantas portas
possuem meu sentimento,
e sabes também que todas elas,
só a ti conduzem ao
meu coração.

Não importa toda uma desilusão,
o prematuro envelhecimento,
não importam os caminhos errados
que seguimos, o que agora
conta é que o nosso amor
ressurge das cinzas...

 










     







                   






Wil
Enviado por Wil em 29/08/2006
Reeditado em 30/08/2006
Código do texto: T227878
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:42)
Wil