Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MÁQUINA DO TEMPO...

Saltou a máquina
Imprevisto linear
E agora me encontro
Do horizonte ao mar

Na sombra, só o passado
E o passado agora mudou
Vivi paixão
Fiquei alucinado
E o tempo
Simplesmente apagou

E onde estou?

Não consigo me encontrar
Só vejo o mar
Nas páginas da minha vida
Já não posso me anular

Inusitado o salto
E o ímpeto desbravador
Embora
Eu só presencie a dor

E dá mesmo a impressão
Que o mundo sucumbil
E toda aquela vida
Fadou a despersar
Talvez por isso
É que eu somente veja o mar
O Guardião
Enviado por O Guardião em 29/08/2006
Reeditado em 08/05/2007
Código do texto: T228144
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34436 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:13)
O Guardião

Site do Escritor