Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Próprio Juramento

Prometo, solenemente, neste recinto e sem testemunhas presentes, que irei esquecer-te.

Prometo que a partir deste dia você começará a fazer parte do meu passado.

Prometo que jamais voltarei a derramar nenhuma lágrima, e não deixarei escapar nem mais um suspiro.

Prometo que a lembrança do seu amor não me causará mais nenhum mal.

Prometo que a sua presença não me causará nenhum tipo de emoção, como raiva, ou alegria.

Prometo que as suas palavras não me atingirão diretamente como costumava ser.

Prometo que os seus abraços não serão mais retribuidos.

Prometo que o seu olhar não mais ferirá o meu coração.

Prometo que os problemas que me causou serão resolvidos.

Mais há uma coisa neste mundo que não posso prometer, é a promessa de que algum dia deixarei de te amar!  
Ludmila Siviero
Enviado por Ludmila Siviero em 30/08/2006
Código do texto: T228779

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ludmila Siviero
São Paulo - São Paulo - Brasil, 25 anos
68 textos (28063 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:26)
Ludmila Siviero