Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maman (portugues)

O tempo passou...
Os anos correram...
Os dias escorreram como agua do rio...
Os pensamentos voaram...
Mas, minhas lembranças continuam aqui
Para dizer o quanto sinto sua falta!

Converso com os animais...
Com as plantas...
Com os anjos...
E, mesmo com os objetos;
Mas na realidade...
E como voce que estou conversando!

As nuvens choram...
O vento grita...
O calor sufoca...
O frio machuca...
Todos reunidos nao conseguem descrever
O quanto sinto sua falta!

No fundos dos meus sentimentos mais egoistas, eu reclamo tua presença...
Como os passarinhos que cairam do ninho...
Como um peixinho perdido no mar...
Como uma folha levada pelo vento sem direçao...
Como a chuva que corre pelos cantos das ruas...
Como uma criança perdida na noite...
Como eu mesma, tua filha que nao consigo aceitar tua ausencia!
Eu espero que estejas bem, onde estas pois, é a unica coisa que me conforta!

A cada dia procuro teus olhos...
A cada boca teu sorrir...
A cada movimento teus gestos...
A todo instante tuas palavras...
A cada mulher, eu te procuro... Mamae!!
Cigana Ro
Enviado por Cigana Ro em 30/08/2006
Código do texto: T228966
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cigana Ro
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 50 anos
530 textos (15051 leituras)
10 e-livros (403 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:09)
Cigana Ro