Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Cidade dos Anjos" (o filme)

Como entender o amor
Que se fecha, se afasta
Faz-se de desamor
Para o outro não se sacrificar
Sem entregar-se por inteiro

Se na verdade era
Tudo aquilo que queria,
O próprio tom da magia,
Da vontade, do querer...

Como entender o amor
Que se faz de desentendido
Para livrar o oprimido
Permitindo total livre-arbítrio,
De verdadeiramente doar-se ou não

E aceitar, depois, o retorno maior
O sacrifício completo
Cair nos braços do mundo
E sujeitar-se às dores reais

Amar e ser amado
Consolar e ser consolado
Sentir literalmente na pele
Tudo que a vida oferece
E os sensores permitem detectar

E depois, só depois,
Dar-se ao prazer de perder-se
No mundo das sensações
Onde tudo tem começo e fim

E depois – bem depois – morrer!
Verdadeiramente morrer por amor...

(Amor incondicional é contraditório: renuncia-se ao outro, se necessário, para felicidade daquele.)

28/08/2006
Lourenço Oliveira
Enviado por Lourenço Oliveira em 31/08/2006
Reeditado em 07/04/2010
Código do texto: T229761
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lourenço Oliveira
Salesópolis - São Paulo - Brasil
1277 textos (109588 leituras)
23 e-livros (1394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:47)
Lourenço Oliveira