Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sinta


sinta o gosto do meu desprezo
e de meu despreparo em conviver
com gente demasiadamente mole como voce

eu não tenho essa mesma índole sua
e por isso não sei te compreender
ó moça de cabelinhos ruivos
queria dirigir ao teu lado
e te fazer sorrir te levando pra minha casa ou indo pra sua
queria te ensinar a viver como eu vivo
te emprestar os meus mais valiosos cd´s
dormir com você e te chamar por um “bom dia” alegre
pegar na sua mão doce e ver que o seu tamanho é assim tão meigo
filosofar com você de dia e de noite
e se esquecer do tempo assim tão mansamente
e não mais jorrar sangue me meus pensamentos não-cautelosos
e não mais reprovar um desconhecido
e não mais deixar de te amar

queria esquecer finalmente esse seu retrato virtual em cima de minha mesa
não acene pra mim quando eu não estiver te vendo
não pode ser a minha sina dar bola a quem nunca me via

agora eu sou a sua estrela
achei que eu não precisasse mais te servir de caminho...

...agora acho que me vou
enquanto você fica ai
olhando todas essas luzes passar...

...não espere me encontrar no meio de uma delas...
te amo, e talvez nem eu saiba...
...te desejo humildemente
e que você o sinta...
Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 31/08/2006
Código do texto: T229784
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70522 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:14)
Rônaldy Lemos