Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



NO TEU OLHAR TRISTE PROCUREI ADENTRAR 

ME DEPAREI COM UM MAR DE LÁGRIMAS 

LEVIANAMENTE NELE BUSQUEI SURFAR 

PEGAR ONDAS, SUBIR E DESCER MAROLAS 

REALIZAR  FIRULAS, TUBOS E CABRIOLAS

E NA PRAIA DA DOR ME REALIZAR 

COM QUE DIREITO PODERIA 

COM TEUS SENTIMENTOS BRINCAR? 

FOSTES PROFUNDAMENTE MAGOADA 

NA PROCURA DA REALIZAÇÃO 

A MALFADADA TRAIÇÃO 

AGORA PERDIDA NA NOITE DA DESILUSÃO 

LARGADA 

ABANDONADA 

REPUDIADA 

TAL CÃO SARNENTO 

LANÇADA NA CALÇADA POR BREVE MOMENTO 

UM VAGAR NAS NUVENS DO SENTIMENTO 

AMOR BANDIDO 

BANIDO 

PERDIDO 

CARENTE 

SOLVENTE 

RENITENTE 

ESCORRAÇADO 

É O QUE QUERIA QUE FOSSE 

QUAL FÊNIX REDIVIVA, ALVE VÔ PARA NOVA VIDA 

VEM PARA MIM 

NEM PRECISA QUE GOSTE TANTO ASSIM 

TENHO AMOR POR NÓS DOIS. 

QUANTO AO RESTO . . . A GENTE ACERTA DEPOIS. 

GDaun
Enviado por GDaun em 02/09/2006
Reeditado em 08/09/2006
Código do texto: T230733

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43006 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:33)
GDaun