Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A lei do amor

Procuro encontrar
me esforco pra enxergar
nao sei mais onde estás
sera que vou em frente ou olho pra trás?

a luta por te esquecer
me faz entender
que sou fraco demais
nao consiguirei jamais

Pois só da lembranca
de você sorrir
meu amor se mistura a vingança
minha saudade vira esperanca
e mais uma vez,faz meu coracão partir

o vício de te amar
sufoca o meu pensar
cega o meu olhar.........

Ah... me cansa essa métrica
me cansa rimar
me sufoco com as palavras
me cego com sua imagem
o amor não me guia
me faz perdido
para que expressa-lo de maneira mentirosa
suave e bonito
se é caótico
atormenta
confunde
fere
a caneta cambaleia
em minha mao canhota
esquerda e torta
o amor é canhoto
e esquerdo
nao é direito
e por direito
é meu
só meu
                                 Luiz Bernardo Botelho
Luiz Bernardo Botellho
Enviado por Luiz Bernardo Botellho em 02/09/2006
Reeditado em 02/06/2009
Código do texto: T231230

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Luiz Bernardo Botelho e me notificar em botelhograndao@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Bernardo Botellho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 27 anos
8 textos (291 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:23)
Luiz Bernardo Botellho