Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Há uma semana

Não há risco de eu enlouquecer com os meus pensamentos
Sou tão sóbrio ao ler Florbela Espanca, com meus prazeres
Donde na porta dos fundos da alma acariciam-me lentos
O que chamo de escondidos os agora conhecidos teus dizeres

Fazes de mim mais forte e parte integrante do que escrevo
Se descrevo as rosas é por quê sei do rosto dela, afável
Como o rasgo que trás de tuas letras a meu porto-só-pesadelo
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 03/09/2006
Código do texto: T231545

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:34)
Andrié Silva