Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E o vento levou...

Levou minhas dores e desenganos,
caladas no peito, pelo desamor!
Levou as lembranças de tristes anos,
que consumiam de meu ser o seu calor!
Anos onde empalideciam as cores,
das retinas de meus olhos!
-E até minhas lágrimas secou!
Levou a minha boca murcha,
e em meus lábios, sorrisos restaurou!
O vento levou equivocados sonhos,
que minha vida sempre atormentou!
Levou as folhas velhas de antigos outonos...
Enquanto as chamas dos desesperos,
em minha alma e coração, refrigerou!
O ventou levou-me ás cores de primaveras,
trouxe o calor, das mais altas esferas de seu amor!
Mulher linda, que enquanto eu pensava que morria,
entre sorrisos e alegrias,
soprava em mim uma nova vida!
-Eu nem me apercebia que ressurgia!
Revigorado pelos ventos soprados,
pelo seu coração transbordando de amor!
Tocado pelo doce de seus doces lábios,
no dia que me beijou!
E tal ocasião, de tão fortuito acaso,
antes do ocaso de minha vida,
o seu sopro de amor exortante grita:
Levanta e anda Lazaro! 
É o milagre de seu amor que se fez vida!
Que o vento ainda não levou...

Edvaldo Rosa
03/09/2006
www.sacpaixao.net 
http://br.groups.yahoo.com/group/Sac_Paixao_Poesias/
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 03/09/2006
Reeditado em 10/09/2006
Código do texto: T232042
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173708 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:00)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor